O quê
image
  • Abissínio
  • Affenpinscher
  • Airedale Terrier
  • Akita Inu
  • American Bobtail
  • American Bully
  • American Staffordshire Terrier
  • Angorá
  • Basenji
  • Basset Hound
  • Beagle
  • Bengal
  • Bernese
  • Bichon Frisé
  • Bloodhound
  • Blue Heeler
  • Border Collie
  • Boston Terrier
  • Boxer
  • Braco Alemão
  • British Shorthair
  • Bull Terrier
  • Bulldog Americano
  • Bulldog Campeiro
  • Bulldog Francês
  • Bulldog Inglês
  • Bullmastiff
  • Cane Corso
  • Chihuahua
  • Chow Chow
  • Cocker Spaniel Americano
  • Cocker Spaniel Inglês
  • Collie
  • Corgi
  • Dachshund
  • Doberman
  • Dogo Argentino
  • Dogue Alemão
  • Dogue de Bordeaux
  • Dálmata
  • Fila Brasileiro
  • Golden Retriever
  • Husky Siberiano
  • Jack Russell
  • Kuvasz
  • Labrador
  • Lhasa Apso
  • Maine Coon
  • Maltês
  • Mastim Napolitano
  • Munchkin
  • Old English Sheepdog
  • Papillon
  • Pastor Alemão
  • Pastor Australiano
  • Pastor Belga
  • Pastor Branco Suíço
  • Pastor Malinois
  • Pastor de Shetland
  • Pequinês
  • Persa
  • Pinscher
  • Pitbull
  • Pointer Inglês
  • Poodle
  • Pug
  • Ragdoll
  • Rhodesian Ridgeback
  • Rottweiler
  • Samoieda
  • Schnauzer
  • Setter Irlandês
  • Shar Pei
  • Shiba Inu
  • Shih Tzu
  • Siamês
  • Sphynx
  • Spitz Alemão
  • São Bernardo
  • Terra Nova
  • Terrier Brasileiro
  • Vizsla
  • Weimaraner
  • West Highland White Terrier
  • Whippet
  • Yorkshire
Onde
image
image

Eu me chamo Lucas, sou estudante de medicina veterinária, sou proprietário do canil Pequeno Lobo, bom para começar contando a história do canil eu não posso deixar de falar dela, a pessoa mais importante da minha vida, minha bisavó que nos deixou em 2017 e que foi quem me colocou nesse caminho. O ano era 1999 eu tinha acabado de fazer 5 anos, era filho único não tinha muitos amiguinhos para brincar e então eu queria muito um cachorrinho, uma cachorrinha porque eu poderia colocar vestidinhos, eu morava ao lado da casa da minha bisa a Vó Dulce, e minha vó sempre fez todas as minhas vontades, eu era o primeiro bisneto e o mais grudado com ela.

Então minha avó saiu em busca de uma cachorrinha para mim, uma amiga dela vendeu para ela uma coisinha minúscula, gordinha e cabeçuda, ela tinha um corpo que era forte e compacto e ela tinha um temperamento muito calmo, aquela seria a nossa primeira chihuahua que era a Joaninha, uma chi preta e castanho pelo curto. Em 2000 tivemos a primeira ninhada que surgiu a Emilly que era a minha primeira cachorra, na época coloquei este nome por causa do desenho: (Os Camundongos Aventureiros – As Aventuras do Camundongo do Campo e do Camundongo da Cidade). Em 2002 no dia em que o Brasil foi Penta-Campeão, nasceu a nossa segunda cachorrinha que seria a Penta, também filha da Joaninha, as três eram preto e castanho pelo curto. Acho que por causa delas que eu gosto tanto desta cor.

Em 2010 ganhei minha primeira Spitz Alemão, que foi um presente de uma amiga. A Maggie (in Memorian) é mãe da Kuba que nasceu em 2011, a Kuba é mãe, avó e bisavó da maior parte do nosso plantel, continua vivendo conosco, já está aposentada e hoje é só mimada por nós. Os malteses são outro caso de amor antigo que eu sempre tive assim como os pugs, que criei durante muitos anos. 

Em 2012 eu me filiei a CBKC, eu e minha avó ficamos dias tentando escolher os nomes para as opções que poderíamos colocar de nome. Então tivemos uma ideia de colocar Pequeno Lobo, nós fizemos a associação com o nome de Pequeno por eles serem a menor raça de cães do mundo e Lobo em homenagem a coragem deles. 

Com o tempo a turma foi só aumentando, e fomos buscando cães com um padrão melhor, trazendo novas linhas de sangue, colocando cães em pista e sempre buscando melhorar o padrão e a genética dos cães de nossa criação.

image